Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Upcoming SlideShare
What to Upload to SlideShare
Next

0

Share

Espaco SINDIMETAL 75

Implantação do Projeto de Marketing Digital marca um novo tempo na entidade

Related Books

Free with a 30 day trial from Scribd

See all
  • Be the first to like this

Espaco SINDIMETAL 75

  1. 1. 75 - Março / Abril 2019 | ANO 13
  2. 2. w w w . s i n d i m e t a l r s . o r g . b r A frase do título é creditada ao filósofo Heráclito, que viveu cerca de 500 anos antes de Cristo e antes mesmo da época de Sócrates. Ela mostra que a preocupação com a mudança é parte da natureza humana. De certa forma isto nos tranquiliza, em relação às inquietudes que sentimos hoje, em relação a um mundo que muda constantemente e de forma cada vez mais rápida. Neste momento passamos por um processo acelerado de mudanças sociais, políticas, econômicas e tecnológicas. Conseguimos perceber que as coisas estão mudando e entendemos que o futuro será muito diferente do presente, mas não temos como saber com segurança como será. O nosso desafio é pilotar as empresas em alta velocidade, por este ambiente cada vez mais nebuloso. Pessoalmente procuro me manter continuamente informado, sobre as mudanças tecnológicas, em especial em relação ao assunto, que de forma geral é chamado de Indústria 4.0 ou manufatura avançada. No meu entendimento há muito marketing relacionado a estes termos e são disseminadas informações muito superficiais. De fato, trata-se de um número grande de tecnologias novas e algumas antigas, mas com custo muito mais baixo que antes. Elas permitem mudanças impactantes nos processos das nossas empresas e exigem novas expertises das equipes. Isto está ocorrendo de uma forma muito mais abrangente e rápida do que, por exemplo, a introdução dos comandos numéricos (CNC) nas máquinas de usinagem, para fazer uma comparação, que muitos talvez nem entendam, por já terem nascidos na era do CNC. Confesso que vejo este assunto com dois sentimentos. Por um lado, tenho uma preocupação muito grande de não conseguirmos acompanhar as mudanças na velocidade necessária. Pelo outro lado, fico muito animado pelas oportunidades de darmos saltos de produtividade. A preocupação é muito ligada à dificuldade de implementar novas tecnologias, por falta de conhecimento e experiência. O acesso a estas tecnologias é relativamente fácile o custo cada vez mais baixo, o que de certa forma é sedutor. A dificuldade está em fazer a escolha certa num mar de oportunidades. Como escolher aquela que trará melhor resultado se ainda não há muita experiência prática para nos apoiarmos? É fácil ser seduzido pelas promessas dos fornecedores e é compreensívelinvestir muito tempo e dinheiro em tecnologias inadequadas, que não trarão resultado. Poroutro lado, fico muito animado com as possibilidades de ganharmos produtividade, abrindo novas oportunidades de negócios. Nas últimas décadas a indústria lutou para sobreviver, mas de forma geral encolheu no Brasil. Precisamos de uma mudança para reverter este processo e talvez isso possa vir com esta nova revolução industrial. Certamente é um caminho sem volta e quem não acompanhar provavelmente ficará fora do mercado. Se ficar parado não é uma alternativa, temos que ir em frente atrás das oportunidades. A solução é buscar conhecimento e trocar experiências. Contamos com uma boa base de competência na nossa região. Temos os Institutos SENAI de Inovação, as universidades e seus polos de tecnologia, além de uma variedade de ramos industriais, que podem alavancar conhecimento, se conseguirmos articular isto. Tradicionalmente há uma distância grande entre a academia e a indústria no Brasil, mas talvez o momento seja de oportunidade, para nos aproximarmos e buscarmos novas formas de transformar conhecimento em alternativas de negócios. A iniciativa é nossa, não devemos esperar que o governo resolva este problema. Acredito que agora o mais importante seja aumentar o conhecimento geral sobre as tecnologias e suas aplicações práticas. Disseminar este conhecimento entre os empresários e suas equipes deve ser a primeira tarefa, que pode abrir oportunidades para ações mais específicas. O SINDIMETAL RS poderá ser o catalisador deste movimento, agregando um benefício significativo aos seus associados. Assim como aconteceu com o LEAN, as empresas podem se beneficiar mutuamente, compartilhando experiências, sem a necessidade de investir em consultorias caras e inacessíveis para muitos. É mais uma grande oportunidade que o associativismo permite. Vale lembrar que, se a mudança é permanente, não podemos nos dar ao luxo de ficar parados! Vamos agir e buscar as oportunidades para o nosso setor. NADA É PERMANENTE, EXCETO A MUDANÇA PONTO DE VISTA Vice-Presidente do SINDIMETAL RS ...se a mudança é permanente, não podemos nos dar ao luxo de ficar parados! Volker Lübke 02
  3. 3. O informativo Espaço está recheado de novidades. Na coluna Ponto de Vista, na página 02, uma reflexão bem pertinente. Nada é permanente, exceto a mudança. Este é o título provocativo, do artigo assinado pelo vice-presidente Volker Lübke, que aborda sobre a velocidade das mudanças e as oportunidades, que este momento está trazendo para as empresas. Vale a pena conferir! O SINDIMETAL RS firmou parcerias com o SENAI e instituições de ensino, visando estimular o acesso permanente à qualificação dos empresários e gestores. Saiba mais detalhes lendo a matéria publicada na página 05. Inovando e investindo sempre, a entidade avança nas tecnologias, com o marketing digital. Mudanças irão permear os canais de comunicação com o intuito de aperfeiçoar o relacionamentocomasassociadasefiliadas; e as empresas também serão beneficiadas, com um programa piloto de Aceleração de Marketing Digital. A cobertura completa, bem como as diretrizes, que irão nortear esta ação, estão nas páginas 06 e 07. Outra boa nova diz respeito a inserção de mais um serviço para as empresas. Além das opções já disponibilizadas pela Planin – Planejamento Industrial, Segurança e Higiene do Trabalho, a assessoria da entidade, na área de Segurança e Higiene do Trabalho, passou a realizar Avaliação Ergonômica e de Vibração com valores diferenciados. Para lembrar as associadas de todas as assessorias disponíveis, apresentamos uma lista completa, nas páginas centrais. Buscando uma maior interação com as empresas,aentidadeelaborouumaagenda, com reuniões nas bases, que servirão de subsídios para a negociação, em função da Convenção Coletiva de Trabalho 2019. Veja na página 10, onde também estão os cursos sobre questões tributárias, que vêm sendo realizados juntamente com o Sindicato dos Contadores e Técnicos em Contabilidade do Vale do Sinos (SINCONTECSINOS). Uma oportunidade para esclarecimentos sobre assuntos, que estão na pauta das empresas. Na sequência, a nova edição da SIPAT Comunitária, que compreenderá oito semanas de atividades com temas importantes para os trabalhadores. Nas páginas 11, 12 e 13, os artigos Jurídico e Técnico Ambiental, Trabalhista e Tributário, que sempre trazem temas atuais e de interesse. Já as páginas 14 e 15 reservamos para o Mercado, onde associadas apresentam novidades e conquistas. E fechando esta edição, também em evidência, a empresa Rodosinos, que comemora 35 anos em plena atividade. Parabéns! Que as novidades inspirem a todos. Boa leitura e até a próxima edição! NOVAS DIRETRIZES EM ANDAMENTO SINDIMETAL RS Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico e Eletrônico de São Leopoldo PRESERVE O MEIO AMBIENTE Rua José Bonifácio, nº 204 - 5º andar - Centro das Indústrias - São Leopoldo/RS - Fone (51) 3590.7700 editorial Diretor Executivo: Valmir Pizzutti Relacionamento Institucional: Andrea Maganha Redação: Jornalista Neusa Medeiros (Mtb 5062) Informativo bimestral Tiragem: 1.800 exemplares Circulação: gratuita e dirigida Edição e Produção: Edição 3 Comunicação Empresarial Ltda. Gráfica: Impressos Portão Ltda. Fotos: divulgação Trabalhos assinados são de responsabilidade de seus autores. relacionamento@sindimetalrs.org.br www.sindimetalrs.org.br ÍNDICE EXPEDIENTE PRESIDENTE Sergio de Bortoli Galera VICE-PRESIDENTES Arno Tomasini Jean Carlo Peluso Sofia Copé Heller Michel Valdir Luiz Huning Vitor Fabiano Ledur Volker Lübke SECRETÁRIO Roberto Petroll TESOUREIRA Caroline Capelão Vargas CONSELHO FISCAL - TITULARES Alexandre R. dos Santos Luiz Antônio Gonçalves Rubén Antônio Duarte CONSELHO FISCAL - SUPLENTES Andrea P. Gremes Pereira Gustavo Geremia Mauro Fernando Dutra DELEGADOS REPRESENTANTES JUNTO À FIERGS TITULARES Raul Heller Sergio de Bortoli Galera SUPLENTES Volker Lübke Arno Tomasini DELEGADOS REPRESENTANTES Estância Velha/ Dois Irmãos/ Ivoti: Marcelino Leopoldo Barth Esteio / Sapucaia do Sul: Juliano Ilha Morro Reuter: Ronei Feltes São Sebastião do Caí/ Montenegro: Vitor Fabiano Ledur Sapiranga: Emilio Neuri Haag Vale Real: Roberto Petroll DIRETORIA | GESTÃO 2019 - 2021 02 - PONTO DE VISTA 10 - AÇÃO 08 e 09 - SERVIÇOS 16 - VITRINE 05 - INSTITUCIONAL 13 - JURÍDICO TRIBUTÁRIO / INSTITUCIONAL 06 - INSTITUCIONAL 14 - MERCADO 07 - INSTITUCIONAL 15 - MERCADO 03 - EDITORIAL 11 - JURÍDICO E TÉCNICO AMBIENTAL 04 - INSTITUCIONAL 12 - JURÍDICO TRABALHISTA DIRETORES Adilso Klaus Christine Lange DanielCarlos Pereira Darlan Geremia Emílio Neuri Haag Juliano Ilha Leonardo Pedroso Filho Marcelino Leopoldo Barth Marcelo Mariani Pedro Paulo Lamberty RobertoAlexandre Schroer Roberto Dauber Ronei Feltes Sandro Morais Nogueira UdoWondracek
  4. 4. w w w . s i n d i m e t a l r s . o r g . b r 04 ALUNOS CONQUISTAM MERECIDO RECONHECIMENTO Com o propósito de atrair mão de obra jovem para a indústria, incentivar boas práticas e oportunizar novas vivências para os estudantes, o SINDIMETAL RS segue apoiando a Escola Técnica Estadual Frederico Guilherme Schmidt, em São Leopoldo. A escola participou da 17ª Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), no período de 18 a 22 de março, em São Paulo, sendo representada pelos alunos Diego Antônio Amâncio Duarte, Gabriel TamujoMeyrer,ThaisdeOliveiraTonel,doCursodeEletromecânica, juntamente com o professor orientador Marcos Freire Machado. O projeto Sistema de Auxílio na Locomoção de Deficientes Visuais 2.0 recebeu destaque, sendo contemplado com o terceiro lugar. Esta premiação credencia o grupo para participar na Feira Brasileira de Iniciação Científica (FEBIC), no mês de setembro, em Jaraguá do Sul, Santa Catarina. A FEBRACE é a maior feira brasileira pré-universitária de Ciências e Engenharia em abrangência e visibilidade. Seu objetivo é estimular a cultura científica, a inovação e o empreendedorismo na educação básica e técnica, despertando novas vocações nessas áreas e induzindo práticas pedagógicas inovadoras nas escolas. Segundo Roseli de Deus Lopes, coordenadora geral do evento e professora da Escola Politécnica (Poli), da USP, “esta edição envolveu mais de 72 mil estudantes de 27 unidades da federação, que desenvolveram projetos de pesquisa científica e tecnológica durante um ano inteiro e os submeteram à FEBRACE, diretamente ou por meio de uma das 116 feiras afiliadas. Isso dá a dimensão da importância da respectiva feira, bem como da qualidade dos projetos finalistas”, argumenta. PROJETO - O mesmo consiste na utilização de óculos, por pessoas com deficiência visual, provido de microfone, fones de ouvido e câmera, além de um software, que se encarrega da análise de dados coletados no ambiente pelos periféricos dispostos, como localização no ambiente, descrição de rotas, detecção de obstáculos e pessoas, bem como reconhecimento de caracteres. institucional Na elaboração do protótipo, foram utilizados algoritmos de computação visual, através da linguagem Python aliada à biblioteca OpenCV e Skimage. A participação dos alunos na feira somente foi possível com o patrocínio do SINDIMETAL RS, que disponibilizou as passagens e hospedagem aos integrantes do projeto. Reconhecidos, os alunos elogiaram a iniciativa da entidade. “Queria agradecer realmente ao sindicato e registrar que tivemos uma semana fantástica, onde sem dúvida demos o nosso melhor, dentro das possibilidades, e obtivemos um tremendo êxito, recebendo reconhecimento nacional”, afirma Gabriel Tamujo Meyrer. “Foi uma longa caminhada e nós sabemos das dificuldades que passamos para chegar neste nível. Muito obrigada ao sindicato, que nos proporcionou uma oportunidade ímpar de desenvolvimento profissional e pessoal”, salienta, Thais de Oliveira Tonel. Segundo Diego Antônio Amâncio Duarte, a semana garantiu bastante aprendizado. “Participar da feira foi essencial e acredito que temos bastante para somare ajudaruns aos outros”, ressaltou o estudante. O professor Marcos Freire Machado igualmente reconheceu a participação num evento deste porte. “Os alunos demonstraram muita disciplina, profissionalismo e competência, representando muito bem a ETE Frederico Guilherme Schmidt. O resultado foi expressivo levando em consideração, que estávamos concorrendo em uma categoria que englobava outras oito subcategorias, totalizando 65 projetos de todo o Brasil”, enfatiza. “O resultado da participação na feira para a escola também foi motivador, principalmente para aqueles alunos, que estão iniciando os seus projetos de conclusão de curso técnico”, registra. Segundo o diretor da escola, Larri Felipe Steyer, sem essa parceria, com certeza, não teríamos participando com êxito desta importante feira. “Mais uma vez fica o agradecimento pela confiança em nosso trabalho”, reconhece o diretor.  Crédito:Frederico
  5. 5. s i n d i m e t a l @ s i n d i m e t a l r s . o r g . b r 05 CONVÊNIOS COM INSTITUIÇÕES APROXIMAM A INDÚSTRIA DO MERCADO Conheça as vantagens e inicie o ano investindo no seu conhecimento e na qualificação da sua empresa. SENAI – Instituto de Inovação Soluções Integradas em Metalmecânica - ISI SIM – Serviços Metrológicos - Foi assinado um Termo de Cooperação, que prevê, às empresas associadas, adimplentes com o SINDIMETAL RS e com o SENAI, 15% de desconto sobre os preços vigentes dos serviços metrológicos, disponibilizados pelo Instituto. A iniciativa não prevê acúmulo de quaisquer descontos e/ou subsídios concedidos, sempre valendo o melhor benefício possível para as empresas. O Laboratório de Metrologia é acreditado pelo Inmetro, desde 1983, sendo o 13º laboratório a receber tal reconhecimento, e também pela Rede Brasileira de Calibração, sendo revalidado pela Rede Metrológica do Rio Grande do Sul. Possui diversos equipamentos de ensaios mecânicos e de calibração. Contato do ISI SIM: (51) 3904-2690 - institutossenai. org.br/instituto/metalmecanica. GRUPO UNIFTEC - Centro Universitário e Faculdades - Convênio de cooperação acadêmica (2019), para os funcionários das empresas associadas adimplentes. O mesmo incentiva o acesso ao ensino, por meio de descontos, no valor das mensalidades dos diversos cursos ministrados pelo grupo. O Grupo UNIFTEC, composto pelas instituições de ensino: Centro Superior de Tecnologia TecBrasil /UNIFTEC, em Novo Hamburgo; Sociedade Educacional Rio Grandense e IBGEN Educacional, em Porto Alegre; Centro Superior de Tecnologia TecBrasil, em Caxias do institucional Sul e Bento Gonçalves, tem a missão de “oportunizar crescimento pessoal e profissional, por meio da educação para o mundo do trabalho; promover a atitude empreendedora e contribuir para o desenvolvimento humano sustentável”. São beneficiários deste convênio os funcionários das empresas associadas ao SINDIMETAL RS, tendo desconto válido para alunos novos, que ingressarem a partir de 2019/1 e para rematriculas a partir de 2019/2. MATRÍCULAS Graduação Presencial para início em 2019/2 - As matrículas começam a partir do dia 03 de junho e o início das aulas está previsto para o dia 29 de julho.  Graduação  Semipresencial e EAD - Os ingressos ocorrem todos os meses.  Pós-Graduação EAD - Ingressos toda a primeira segunda-feira do mês. Técnico EAD - Ingresso todos os meses. POLÍTICA DE DESCONTOS Cursos de Graduação Para alunos matriculados nas cidades de Novo Hamburgo e Porto Alegre: Graduação presencial: 50% de desconto em todo o curso. O desconto do termo do convênio será validado somente para alunos que fazem 3 (três) disciplinas e/ou 180h ou mais disciplinas. Graduação EAD: 50% de desconto em todo o curso. Graduação híbrida: 50% de desconto em todo o curso. Para alunos matriculados nas cidades de Caxias do Sul e Bento Gonçalves: Graduação presencial: 30% de desconto para 3 (três) disciplinas e/ou 180h, 40% de desconto para 4 (quatro) disciplinas e/ ou 240h e 50% de desconto para 5 (cinco) disciplinas e/ou 300h. Graduação EAD: 50% de desconto em todo o curso. Cursos de Pós-Graduação Presencial ou EAD: 25% Cursos Técnicos: Presenciais e EAD - 1.200h • 24 meses, sem desconto • 18 meses, 10% • 12 meses, 20% • Valor à vista, 30% de desconto EAD – 800h • 24 meses, sem desconto • 18 meses, 10% • 12 meses, 20% • Valor à vista, 25% de desconto Acesse www.ftec.com.br   e conheça as opções de cursos. Contatos: (51) 3014-9713 / what’s: 99506 2420. Endereço em Novo Hamburgo: Rua Silveira Martins, 780 - Centro. E-mail amandacastro@acad.ftec.com.br.  INSTITUIÇÃO EVANGÉLICA DE NOVO HAMBURGO – IENH – O respectivo convênio concede descontos no valor das mensalidades dos cursos oferecidos, exceto nas matrículas, rematrículas e taxas. O valor será de 30%, para os empregados, que comprovarem vínculo com as empresas associadas adimplentes ao SINDIMETAL RS. O convênio terá vigência a partir do processo seletivo 2019/ 2, sendo que os beneficiários terão sua bolsa de estudos até o final do seu curso. A IENH, Instituição Educacional, situada em Novo Hamburgo, é um espaço de educação com valores e vivências cristãs, com ênfase na liderança, no empreendedorismo e na responsabilidade socioambiental. Traz consigo marcos históricos embasados nos princípios e na filosofia da Rede Sinodal de Educação da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil. É uma instituição pioneira e inovadora, com visão para o futuro. Atualmente, a IENH conta com três Unidades de Ensino: Pindorama, Oswaldo Cruz e Fundação Evangélica, que oferecem cursos da Educação Infantil ao Ensino Superior. Acesse o site institucional. ienh.com.br e conheça os cursos. Contatos NADE - Núcleo de Assessoria e Desenvolvimento Empresarial: (51) 3594- 3022 l e-mail nade@ienh.com.br. Novidades chegando em 2019. O SINDIMETAL RS tem firmado parcerias com instituições de ensino e igualmente com o SENAI, na área de prestação de serviços, visando oportunizar uma permanente qualificação dos empresários e gestores do segmento.
  6. 6. w w w . s i n d i m e t a l r s . o r g . b r 06 SINDIMETAL RS inova e piloto de ACELERAÇÃO D A tento às mudanças tecnológicas e, no intuito de melhorar continuamente,modernizandooscanaisderelacionamento, o SINDIMETAL está trabalhando seu Planejamento de Marketing Digital. O trabalho, juntamente com a consultoria Otimifica, especializada em marketing digital, está sendo realizado com base na implantação de uma metodologia, que direcione e controle os resultados dos esforços de marketing e comunicação, com ênfase no digital, chamada INBOUNDPR. A mesma é composta por técnicas e ferramentas contemporâneas, sendo a primeira a sincronizar marketing, tecnologia e vendas, com Relações Públicas. A metodologia própria foi desenvolvida por Ariane Feijó, Relações Públicas, especialista em marketing, e diretora Executiva da Otimifica. PLANO TRIMESTRAL - O marketing digital vem ganhando relevância, com mais intensidade, no planejamento estratégico das empresas. No mercado, a qualidade do que é ofertado caminha a passos largos juntamente com o fortalecimento da marca e a importância que tudo isso tem no meio de atuação dos negócios. O SINDIMETAL já havia detectado esse novo nicho e por isso, há meses, tem estudado o assunto, ampliado seus horizontes e qualificado a equipe. O mercado mudou, as empresas estão precisando se adequar rapidamente e a entidade precisa oportunizar caminhos para as suas associadas e filiadas. O SINDIMETAL está sendo inovador, como já foi em outras demandas, e parceiro neste projeto, que irá criar conexões e caminhos para todos os envolvidos. Tudo está sendo construído com a união de muitas mãos e estratégias bem definidas. O Plano Trimestral já foi traçado e neste caminho, os objetivos são desenvolver um planejamento e implantar a metodologia. O planejamento, que contempla também o novo site da entidade, busca melhorar o processo de comunicação e aproximação com as empresas associadas e filiadas, para que entendam o valor das ações e atividades do SINDIMETAL, promovendo a manutenção do relacionamento e aumentando o seu envolvimento. Neste enfoque, encontram-se os programas de Aceleração de Marketing Digital na Indústria – Piloto com dez empresas (Artestampo, Belton, CCV, Gedore, Grefortec, Ifla, Infasul, Itecê, Mariani e Spheric) e de Revisão, atualização e desenvolvimento dos canais de comunicação. O desafio é imenso, mas certamente será compensadore motivador para todos. PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DE MARKETING DIGITAL Foi dada a largada! O Programa Piloto Aceleração de Marketing Digital na Indústria, direcionado às empresas, teve a sua primeira reunião no dia 03 de abril, na sede da entidade. “Estamos iniciando uma nova caminhada no SINDIMETAL, que deu os seus primeiros passos, nesta nova direção, no ano passado”, afirmou o diretor Executivo, Valmir Pizzutti, por ocasião da abertura oficial do evento. “A entidade sempre foi referência, mas com o avanço das novas tecnologias, o formato, que porvários anos foi um sucesso, precisou ser renovado e reinventado”, justifica o diretor. “A partir desta ação, desejamos melhorar o processo de comunicação, aproximando as empresas associadas, promovendo a revisão e atualização dos seus meios de comunicação. Ainda, deverá ser aprimorado o desenvolvimento de canais com filiados”, antecipa Pizzutti. institucional Ariane Feijó
  7. 7. s i n d i m e t a l @ s i n d i m e t a l r s . o r g . b r 07 e investe em programa DE MARKETING DIGITAL A apresentação do Programa Piloto foi realizada por Ariane Feijó, diretora Executiva da Otimifica. “A metodologia utilizada é INBOUNDPR, cujo objetivo é auxiliar o ecossistema a utilizar plenamente as metodologias ágeis de Lean aplicadas ao marketing (como inbound e automações) de forma a terem mais controle sobre resultados e indicadores comerciais no seu dia a dia”, esclarece. PASSO A PASSO - Segundo Ariane, o programa, com as empresas pré-selecionadas, terá a duração de seis meses, onde receberão consultoria sobre o assunto e treinamentos de acordo com o cronograma desenhado com base no índice de maturidade de marketing digital (Otimindex) das empresas, incluindo também a entrega mensal de relatório. As empresas receberão 2h mensais de consultoria, com planejamento simplificado de marketing, norteado pela metodologia Lean Startup, de Eric Ries, a partir dos objetivos de cada uma. Já estão definidos dois encontros mensais, on e offline, para orientar o desenvolvimento do trabalho dentro do escopo do Programa. Além disto, estão previstos 4h a 8h mensais de treinamentos, sempre com base no conhecimento contextualizado para a realidade das empresas participantes. Ao final de seis meses, informa a consultora, as empresas deverão estar aptas a realizar o seu Planejamento de Marketing Digital Lean - simplificado e definido de acordo com o seu Otimindex - Índice de Maturidade Digital. Outro passo será o Cronograma de atividades para seguir desenvolvendo e garantir assim a presença otimizada na Internet. “As empresas deverão ter caminhos claros para o aumento das vendas e domínio dos conceitos contemporâneos de marketing digital, além de habilidade para avaliar e selecionar fornecedores e serviços de institucional marketing e vendas; bem como ferramentas e conhecimento necessários para manter e ampliar o Índice de Maturidade de Marketing Digital atingido durante o Programa”, enfatiza Ariane. Após passar para outros níveis, enquanto mais empresas aderem ao projeto, este grupo pioneiro terá na sua agenda workshops, treinamentos e palestras abertas. “A ideia é que este programa amplie e evolua para o início da Agência Digital SINDIMETAL, que terá como norte atender as indústrias associadas e entregar os serviços necessários, bem como cursos e treinamentos. CASES - O primeiro case da Otimifica, com a indústria, foi na Rijeza Metalurgia, sob a direção de Darlan Geremia, associada à entidade. A empresa aplicou  técnicas contemporâneas de marketing digital para aumentar a sua base de contatos e teve um aumento de 2000% na geração de leads qualificados em um ano. “A partir disso, diversificou a sua carteira de clientes com um aumento de 65% ano sobre ano. Indo além, teve uma redução de custos de marketing superior a 50% ao implantar uma metodologia clara, de forma consistente”, informa Ariane. A associada Sebras Portas Rápidas também iniciou nesta jornada. O diretor Valdir Luiz Huning valorizou a iniciativa e está satisfeito com os resultados obtidos até o momento. “Desejo sorte e sucesso a todos os empresários, que estão aderindo ao programa, pois a partir deste passo novas possibilidades poderão ser vividas pela indústria”, assegura Valdir. Interessados em conhecer mais sobre o Programa deverão entrar em contato com a entidade através do fone (51) 3590-7707 ou e-mail relacionamento@sindimetalrs.org.br. Valmir Pizzutti
  8. 8. w w w . s i n d i m e t a l r s . o r g . b r 08 Novidade: Avaliação Ergonômica e de Vibração com valores diferenciados SERVIÇOS F oram inseridos dois serviços, além dos já disponibilizados pela Planin – Planejamento Industrial, Segurança e Higiene do Trabalho, assessoria da entidade na área de Segurança e Higiene do Trabalho. Trata-se da Avaliação Ergonômica e de Vibração, com valores diferenciados para associados. Descrição 1ª etapa: Análise Ergonômica do Trabalho – Definição de demandas 2ª etapa: Avaliação Ergonômica De 1 até 5 postos De 6 até 10 postos De 11 até 15 postos Acima de 16 postos Valor R$ Normal 1.300,00 250,00 240,00 230,00 225,00 Valor R$ para Associado 800,00 150,00 140,00 130,00 125,00 Avaliação Ergonômica O custo da Avaliação Ergonômica é composto de duas etapas. Primeira etapa R$ 800,00 (oitocentos reais), acrescido do custo da segunda etapa conforme tabela acima, função do número de postos a serem analisados. O valor da Avaliação de Vibração para associados é de R$ 500,00 (quinhentos reais). Valor R$ / posto   APlaninestásobadireçãodoengenheirodeSegurançadoTrabalho, Ivan Silveira e atua junto aos associados da entidade desde 1995. SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO A lista completa de serviços inclui: • Levantamento Técnico de Condições Ambientais de Trabalho (LTCAT) • Medições de ruído, iluminação, calor, poeiras e gases • Elaboração de Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) • Coordenação do PPRA, atendimento de casos relacionados à Segurança e Higiene do Trabalho • CIPA - Instalação, elaboração de documentação e curso • Análise de laudos periciais da Justiça do Trabalho relativos à insalubridade e periculosidade • Palestras sobre temas de Segurança e Higiene do Trabalho • Cursos de Operação de Empilhadeira, Ponte Rolante, etc. • Consultas sobre notificação da DRT • Avaliação Ergonômica • Avaliação de Vibração. Atendimento - Mediante agendamento de visita às empresas associadas. Telefone: (51) 3590-7782. • ○CONTROLADORIA E CONTABILIDADE Atendimento inicial às empresas associadas e filiadas, sem custo e compromisso, mantendo sigilo absoluto sobre as informações, com o objetivo de oferecer um novo cenário ao empresário em relação ao seu negócio. Serviços oferecidos, mediante contratação: Contabilidade • ECD – Escrituração Contábil Digital (Sped Contábil) • ECF – Escrituração Contábil Fiscal (Sped DIPJ – Declaração IRPJ) Escrita Fiscal • EFD – Escrituração Fiscal Digital com Bloco K (Sped Fiscal) • EFD – Contribuições (Sped PIS e COFINS) • Recuperação de crédito de IPI para compensação de tributos federais Recursos Humanos & Folha de Pagamento • e-Social (Sped Folha de Pagamento) • Desoneração da Folha de Pagamento Contabilidade Gerencial • Controle dos Custos Fixos e dos Custos Variáveis • Ponto de Equilíbrio • Demonstração do Resultado Operacional da empresa como ferramenta de Controladoria e de Planejamento • Determinação do resultado REAL da empresa • Análise do Capital de Giro ASSESSORIAS DISPONÍVEIS PARA AS ASSOCIADAS Fundamentais para dar suporte e apoio às empresas, as assessorias oferecidas pelo SINDIMETAL RS são de suma importância no dia a dia, além de estabelecerem um forte elo com a entidade. Busque mais esclarecimentos e utilize os serviços, sempre que necessário. • Identificação do regime tributário mais econômico para empresa • Acompanhamento da Gestão do Negócio Assessoria Administrativa Para as empresas associadas, o valor da contratação destes serviços é igual ao valor do honorário pago atualmente pela sua Contabilidade Convencional. Para as empresas filiadas, será concedido um desconto de 20% sobre a tabela vigente. Contabilidade de Custos • Levantamento dos Centros de Custos • Rateios e alocações dos Custos Indiretos (Fixos) • Elaboração do Mapa de Localização de Custos (MLC) • Boletim cenário para formação e/ou simulação do preço a ser comercializado • Racionalização dos Processos de Produção Para as empresas associadas, a partir da análise do serviço a ser desenvolvido,éconcedidoumdescontode20%sobreatabelavigente. Para empresas filiadas, será observado o valor da tabela vigente.   Colombo Consultoria Empresarial Ltda. - Atendimento:  terças- feiras, mediante agendamento, através do telefone: (51) 3590 7702. Escritório: Rua Lucas de Oliveira, 49/104, Centro, Novo Hamburgo. Telefones: (51)  3066-9907, 3066-9908 e 3066-9930. Site:www.colomboconsultoria.com.br.
  9. 9. s i n d i m e t a l @ s i n d i m e t a l r s . o r g . b r 09 SERVIÇOS •○JURÍDICATRABALHISTA,AMBIENTALE DE REPRESENTAÇÃO COMERCIAL Consiste em consultas nas respectivas áreas, no escritório ou por telefone, para todas as empresas associadas e filiadas. Detalhes sobre estes serviços: TRABALHISTA - Além das consultas, esta assessoria compreende: Para as empresas associadas com até 100 (cem) empregados, assistência no âmbito do Direito Individual do Trabalho, com defesa completa perante a Justiça do Trabalho, observando os seguintes critérios: • Em processos trabalhistas cujo valor do pedido seja equivalente a até 300 (trezentas) vezes o salário mínimo, sem custo. • Em processos trabalhistas cujo valor do pedido seja superior a 300 (trezentas) vezes o valor do salário mínimo vigente da data de apresentação da defesa, serão devidos honorários, ao final do processo, em importância equivalente a 2% (dois por cento) do valor da diferença apurada entre o valor atualizado da ação e o valor real da eventual condenação ou acordo. • Em processos com pedidos de natureza cível serão devidos honorários, ao final do processo, em importância equivalente a 2% (dois por cento) do valor da diferença apurada entre o valor atualizado da ação e o valor real da eventual condenação ou acordo. Para associadas com mais de 100 (cem) empregados, a assessoria também faz a defesa completa, mediante acerto direto entre as partes (empresa/ escritório). AMBIENTAL - Compreende consultas na área Jurídica Ambiental. REPRESENTAÇÃO COMERCIAL - Consultas na área Jurídica de Representação Comercial. Garcez Advogados Associados Atendimento Trabalhista: Segunda a sexta-feira, 8h às 10h, através do telefone  (51) 3590- 7777 ou pessoalmente no escritório, no Centro das Indústrias, Rua José Bonifácio, 204 – 8º andar. Ambiental: Segundas-feiras, no horário das 10h30min às 12h*. Representação Comercial: Segundas-feiras, das 17h às 18h*. *Os atendimentos da área ambiental e de representação comercial ocorrem na sede do SINDIMETAL, mediante agendamento ou por meio de consultas telefônicas, através do número: (51) 3590- 7702. • ○JURÍDICA TRIBUTÁRIA Atendimento de consultas na área, para associados e filiados. Compreende ainda, assistência no âmbito do Direito Tributário, às empresas associadas e filiadas, com defesas administrativas e judiciais, sendo os honorários negociados diretamente entre as partes. ABuffon&FurlanAdvogadosAssociados atende às segundas- feiras, na sede do SINDIMETAL, mediante agendamento, através do telefone (51) 3590-7702. Demais dias, no escritório, em Novo Hamburgo. Telefone: (51) 3593-8411. Visite o site: www.buffonefurlan.com.br. • ○PERÍCIA EM CÁLCULOS TRABALHISTAS Consiste na elaboração de cálculos nas liquidações dos processos trabalhistas, para as empresas associadas. O serviço é sem ônus, para associadas adimplentes, até o limite de 50% das contribuições recolhidas pela empresa, ao SINDIMETAL, no ano anterior à utilização. O valor excedente será devido à entidade. • Cálculo de liquidação • Cálculo simples • Retificação de cálculo • Revisão de cálculo Stürmer & Nauter Contabilidade, Consultoria e Perícia Contábil Ltda. Sheila Post Stürmer (Contadora) Atendimento: segunda a sexta-feira, em horário comercial. Telefone: (51) 3590-7780 ou no escritório no Centro das Indústrias, 10º andar. • ○TÉCNICA AMBIENTAL Consiste em consultoria técnica para assuntos relacionados às áreas de meio ambiente e sustentabilidade. Compreende inicialmente, consultas sem ônus, para as empresas associadas e filiadas.Assuntos aprofundados são avaliados individualmente e cobrados diretamente da empresa. Associadas têm 20% de desconto. • Avaliação do Processo industrial – Enquadramento ao Licenciamento Ambiental - Consultar valores diferenciados • Implantação do Gerenciamento de Resíduos Sólidos (operacionalização e monitoramento  de todas as etapas do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos), inclusive Implantação da Coleta Seletiva • Elaboração do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS) - Consultar valores diferenciados • Realização de Auditoria Ambiental (interna e compulsória da FEPAM) e Conformidade Legal • Avaliação Geológica e Biológica para Emissão de Pareceres e Laudos • Implantação/Manutenção do Sistema de Gestão Ambiental e Integração de Sistemas de Gestão • Gestão dos Aspectos e Impactos Ambientais • Treinamento de Identificação e Avaliação dos Aspectos e Impactos Ambientais; Formação e Reciclagem de Auditores Internos;  Interpretação dos requisitos da ISO 14001 • Qualificação de Prestadores de Serviços Ambientais • Preparação e Resposta às Emergências • Implantação de Programa de Produção mais Limpa • Definição deTratamento de Efluentes e EmissõesAtmosféricas - procedimentos e melhorias no sistema • Sensibilizações em Sustentabilidade e educação ambiental • Imagens aéreas com o uso de drones, com duas alternativas: 1 - Fotos e Filmagens diversas; 2 (completa) - Fotos e Filmagens diversas; Ortomosaico Georreferenciado; Mapa Topográfico em Escala Colorimétrica; Modelo Digital do Terreno; Laudo Final e Responsabilidade Técnica; com todos os arquivos digitais. BEE Assessoria & Consultoria Ltda. Ana Cristina Cúria (Engenheira Química) Fone: (51) 9 9443-5665 E-mail: beeassessoria@gmail.com. Atendimento: segundas-feiras, na sede do SINDIMETAL, mediante agendamento através do número: (51) 3590-7702.
  10. 10. w w w . s i n d i m e t a l r s . o r g . b r REPENSANDO A CONVENÇÃO COLETIVA NAS BASES Cursos sobre questões tributárias SIPAT Comunitária inicia com força total O SINDIMETAL RS tem revisto suas práticas e renovado suas ações, sempre reavaliando resultados e buscando uma maior interação com as empresas, razão maior do seu trabalho. Seguindo esta lógica, algumas reuniões de trabalho foram preparadas junto às bases, reunindo representantes da entidade, empresários e gestores de Recursos Humanos das empresas. O objetivo desta iniciativa foi fomentar sugestões e/ou possíveis alterações Uma agenda de cursos, destinada para as empresas e voltada às questões da Legislação Tributária, tem sido oportunizada, com bons resultados para os participantes. A iniciativa é do SINDIMETAL RS, juntamente com o Sindicato dos Contadores e Técnicos em Contabilidade do Vale do Sinos (SINCONTECSINOS). O primeiro tema - eSocial x EFD-REINF ocorreu em duas edições, sendo a primeira no dia 08 de fevereiro e, a segunda, em 22 de fevereiro. No dia 28 de março, o curso Sped Fiscal e Gia Mensal na Prática visou atualizar os participantes sobre as últimas alterações na legislação fiscal, bem como as que irão vigorar a partir de 2018/2019. O curso EFD REINF, DCTFWEB, EFD fiscal ICMS/IPI (novo bloco B 2019) e NFS-E As empresas que aderiram já estão se preparando para a Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho. A ação compreende oito semanas de atividades nas empresas: 1- 13 a 17 de maio; 2- 20 a 24 de maio; 3- 03 a 07 de junho; 4- 24 a 28 de junho; 5- 05 a 09 de agosto; 6- 12 a 16 de agosto; 7- 19 a 23 de agosto; 8- 21 a 25 de outubro. O evento de encerramento -  9ª Corrida Rústica e 6ª Caminhada do Trabalhador, ocorre no dia 27 de outubro, no CAT do SESI em São 10 AÇÃO para a Convenção Coletiva de Trabalho 2019. As informações levantadas servirão de subsídios para a comissão de negociação.  Em Novo Hamburgo, a abertura foi realizada pela vice-presidente da entidade, Sofia Copé Heller Michel, que enfatizou o quanto o SINDIMETAL RS está aberto a ouvir seus representados. Em Sapiranga, o diretor Executivo da entidade, Valmir Pizzutti, saudou os presentes e apresentou a estrutura, que compõe a entidade, destacando, também, a importância da interlocução com as empresas, nas diferentes bases territoriais. Já em São Sebastião do Caí, o vice-presidente do SINDIMETAL RS, Vitor Ledur, deu as boas-vindas, reforçando o relevante papel desta aproximação. Após as sugestões, foram registrados esclarecimentos, a cargo dos integrantes da assessoria Jurídica da entidade, advogados Cláudio Garcez e Gisele Garcez, do Escritório Garcez Advogados Associados. AGENDA – As reuniões ocorreram em NOVO HAMBURGO - 08.04 - CAT SESI | SAPIRANGA - 08.04 – CAT SESI | SÃO SEBASTIÃO DO CAÍ e MONTENEGRO - 12.04 – LEITZ em São Sebastião do Caí e, em SÃO LEOPOLDO será no dia 06 de maio – 10h30min no SINDIMETAL RS. Mantenha a sua CONEXÃO com o SINDIMETAL RS interagindo com a agenda de atividades, atualizando seus dados e garantindo um maior engajamento com a entidade e com os associados e filiados. O CANAL está ABERTO! Temos um espaço à disposição dos empresários, para que se manifestem sobre assuntos, que contribuam para o desenvolvimento da indústria, participando assim da instituição, que os representa. Aguardamos o seu contato! Fone: (51) 3590-7707 - e-mail: relacionamento@sindimetalrs.org.br. nacional ocorreu no dia 16 de abril, para orientar sobre o novo programa SPED denominado de EFD-REINF (Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais e dar conhecimento do novo Bloco incluído na EFD Fiscal ICMS-IPI. Leopoldo. Acomissão organizadora, formada porrepresentantes do SINDIMETAL,SESIedasempresasparticipantes,definiuostemasda SIPAT Comunitária: Ansiedade e Depressão, Autorresponsabilidade, Comportamento seguro, Gestão do tempo e Primeiros socorros.  Empresas interessadas em participar, podem ainda aderir nas semanas 4- 24 a 28 de junho; 5- 05 a 09 de agosto;  7- 19 a 23 de agosto ou 8- 21 a 25 de outubro. Investimento: associadas - R$ 1.020,00 e filiadas - R$ 1.355,00. O prazo para adesão é 30 de maio. Contato para mais informações, através do fone (51) 3590-7708. Já no dia 30 de maio, está previsto o curso de Substituição Tributária - Novas Regras 2019. A meta é fornecer aos participantes a compreensão da tributação do ICMS-ST, regras de pagamento e escrituração, procedimentos exigidos pela Secretaria da Receita Estadual para a apuração e pagamento do ICMS Substituição Tributária, bem Curso no SINDIMETAL RS como atualizar quanto às novas regras da Substituição Tributária no RS. Mais informações: SINDIMETAL RS (51) 3590-7708 I SINCONTECSINOS (51) 3592- 6493.
  11. 11. s i n d i m e t a l @ s i n d i m e t a l r s . o r g . b r QUANDO É APLICÁVEL A REALIZAÇÃO DE AUDITORIAS AMBIENTAIS COMPULSÓRIAS? legislação ambiental brasileira é moderna e muito abrangente. Criada com o intuito de proteger o meio ambiente e reduzir ao mínimo as consequências de ações devastadoras, seu cumprimento diz respeito tanto às pessoas físicas quanto às jurídicas. Desta forma, torna-se de fundamental importância identificar e ter acesso aos requisitos legais, bem como determinar como os mesmos se aplicam aos aspectos significativos das atividades, produtos e serviços da sua organização. Além disso, avaliar periodicamente o atendimento destes requisitos passa a ser uma ferramenta que auxilia o controle e minimização dos riscos associados ao negócio. Um dos instrumentos mais utilizados para auxiliar as empresas para investigar de forma independente, sistêmica e documentada é a realização de auditorias ambientais. Auditoria Ambiental pode ser definida como o procedimento sistemático através do qual uma organização avalia suas práticas e operações que oferecem riscos potenciais ao meio ambiente. As auditorias podem ser instrumentos de controle ambientalque tem porfimverificara atividade econômica desenvolvida, frente aos critérios e escopos eleitos para a realização daauditoria,ocasionalouperiodicamente. AAuditoriaAmbientalainda é um eficiente instrumento para detectar antecipadamente eventuais descumprimentos da legislação ambiental. Nesta modalidade, existem auditorias ambientais voluntárias e compulsórias. As certificações voluntárias são aquelas em que a empresa define se deve ou não certificar o seu produto, atividades ou serviços, e acordo com o disposto em uma norma técnica, partir dos benefícios que identifique que essa certificação pode trazer ao seu negócio. A auditoria ambiental compulsória é uma atividade de política ambiental e enquadra-se na categoria de auditoria pública utilizada como instrumento de ações de controle pelo poder público, enquanto as demais integram o sistema de gestão ambiental. Uma de suas principais características é a imposição da sua execução, independentemente da vontade da unidade auditada. A auditoria ambiental tem sido adotada como uma prática voluntária em vários países, como, por exemplo, Estados Unidos, Canadá e em alguns países do continente europeu. Porém, o Brasil segue um caminho oposto, com um aumento significativo de iniciativas legislativas visando à obrigatoriedade da auditoria ambiental para as indústrias com atividades potencialmente poluidoras. Alguns Estados brasileiros optaram por criar leis no sentido de tornar a auditoria ambiental obrigatória para alguns setores industriais. No Rio Grande do Sul em conformidade com o seu Código de Meio Ambiente e Lei Estadual 11520/00, a FEPAM estabelece na sua Portaria 32/06, as diretrizes da auditoria ambiental compulsória para toda atividade de elevado potencial poluidor ou processo de grande complexidade ou ainda de acordo com histórico de problemas ambientais. Neste caso, a auditoria compulsória vem sendo utilizado como um instrumento de controle público haja vista que o relatório de auditoria ambiental compulsória em nível estadual e municipal serve de base para a renovação do licenciamento ambiental do empreendimento e em muitos casos com base para aplicação de multas e possíveis interdições. A auditoria ambiental compulsória deverá ser realizada a cada 02 (dois) anos, ou de acordo com o histórico dos problemas ambientais identificados na atividade. Dependendo das atividades poderão ser exigidas auditorias ambientais a critério do órgão ambientalconforme solicitado na condicionante da licença ambiental ou documento de renovação da mesma. As auditorias ambientais em portos organizados, instalações portuárias, plataformas, bem como suas instalações de apoio e refinarias, deverão atender ao que dispõe a Resolução CONAMA nº 381/2006, de 14 de dezembro de 2006.  Em relação as despesas provenientes da auditoria ambiental, salienta-se que as mesmas deverão ser realizadas sob a responsabilidade e sob as expensas do empreendedor, bem como as ações necessárias para atendimento das não conformidades estabelecidas durante a avaliação e registradas no relatório de auditoria ambiental, e que deverão constar obrigatoriamente no plano de ação que será protocolado de forma digital ou física, conforme orientação junto ao órgão ambiental. ConformeestabelecidonaPortariaFEPAM32/06esuasdiretrizesde auditoria ambiental compulsória os requisitos mínimos obrigatórios para fins de conformidade ambiental são: • Identificação e Conformidade da Legislação Federal, Estadual e Municipal; • Verificação da Existência e Desdobramento de Autos de Infração; •IdentificaçãodaExistênciadeAcordoseCompromissosAmbientais. A Portaria FEPAM 32/06 e suas diretrizes de auditoria ambiental compulsória não exigem que o empreendedor tenha sistemas de gestão certificados em qualquer norma nacional ou internacional, mas tem como objetivo verificar o atendimento à legislação ambiental aplicável e avaliar o desempenho da gestão ambiental das organizações. Esta Portaria contempla de forma voluntária os seguintes requisitos relacionados ao Sistema de Gestão Ambiental, que podem gerar recomendações ou observações durante a auditoria ambiental: • Requisitos de Adesão Voluntária – SGA – Planejamento; • Requisitos de Adesão Voluntária – SGA – Implementação e Operação; • Requisitos de Adesão Voluntária – SGA – Verificação e Ação Corretiva; • Requisitos de Adesão Voluntária – SGA – Melhorias. Segundo a Portaria FEPAM 127/14, cabe esclarecer que fica estabelecido que a auditoria ambiental deverá ser realizada por equipe de auditores cadastrados na FEPAM e com, no mínimo, um auditor ambiental com experiência na execução de auditorias na atividade a ser auditada. Em caso de não preencher o requisito referente à experiência na execução de auditorias na atividade a ser auditada a equipe de auditoria deverá ser acompanhada por um especialista. Vale lembrar que a realização de Auditoria Ambiental e a apresentação de seus resultados não exime o empreendimento de qualquer ação fiscalizatória ou do atendimento a outras exigências da legislação em vigor. Para sabermais informações específicas sobre auditorias ambientais compulsórias aplicáveis ao seu empreendimento faça sua consulta pessoalmente às áreas jurídicas e técnicas no SINDIMETAL ou via remota conforme necessidade. 11 • Advogado integrante da equipe de profissionais do escritório Garcez Advogados Associados – Assessoria Jurídica do SINDIMETAL RS, nas áreas Trabalhista, Ambiental e de Representação Comercial; • Engenheira Química da Bee Assessoria e Consultoria Ltda., Assessoria Técnica Ambiental da entidade. Eduardo Gaelzer OAB/RS 58.660 Ana Curia CREA 104376-D jurídico e técnico ambiental A
  12. 12. w w w . s i n d i m e t a l r s . o r g . b r 12 TELETRABALHO: ASPECTOS CONTROVERSOS A Lei nº 13.467/2017, conhecida como Modernização Trabalhista, trouxe alterações significativas para a CLT, dentre as quais, regramento específico para o trabalho prestado em âmbito externo às dependências do empregador, denominado teletrabalho. O art. 75-B da CLT conceituou esta modalidade de trabalho como a “prestação de serviços preponderantemente fora das dependências do empregador, com a utilização de tecnologias de informação e de comunicação que, por sua natureza, não se constituam como trabalho externo”. Em outras palavras, trata-se da prestação laborativa realizada à distância, em qualquer lugar ou espaço, através do uso de computadores e/ou meios de comunicação, sem que isso interfira nas obrigações do empregado para com o empregador. Percebe-se que o legislador se preocupou em formalizar uma prática que tem ganhado cada vez mais campo na seara trabalhista, já que o desenvolvimento tecnológico possibilita a rápida comunicação entre empregado e empregador, evita transtornos com deslocamento, assim como de custos inegavelmente suportados para manutenção de estrutura adequada de trabalho. A formalização do contrato de trabalho, nesta condição, deve ocorrer por prévio ajuste das partes, de forma expressa e por escrito, com indicação detalhada das atividades que serão desenvolvidas pelo empregado, conforme clara previsão do art. 75-C e parágrafos da CLT. Refira-se, ainda, que o teletrabalho não precisa necessariamente ser exercido integralmente fora da sede da empresa. O comparecimento às dependências do empregador, para exercer atividades específicas que assim exijam, não descaracteriza essa modalidade contratual, na medida em que, o que importa, é a preponderância do trabalho realizado à distância. No que concerne ao controle de jornada, o teletrabalhador não tem o seu tempo de trabalho controlado, justamente porque o art. 62, III, da CLT, o exclui do capítulo referente à duração do trabalho, o que significa dizer que esse empregado não fará jus ao pagamento de horas extras, adicional noturno, sobreaviso ou prontidão. Em que pese os teletrabalhadores estejam excluídos do regime de controle de jornada, discussões ainda circundam quanto a real aplicação desse dispositivo, já que a mesma tecnologia que permite a existência/expansão do teletrabalho, também autoriza o controle, principalmente por meio de acessos do empregado ao sistema da empresa, vigilância por câmeras, acesso aos e-mails ou qualquer outro meio de comando e fiscalização. Assim, ainda que os teletrabalhadores não estejam submetidos ao controle de jornada, cabe ao empregador estabelecer limites de comunicação (especialmente e-mails), inclusive não permitindo a prestação de serviços fora do horário de trabalho contratualmente ajustado. Além disso, em face das atividades serem exercidas através da utilização de tecnologias de informação e de comunicação e com olhar atento aos possíveis gastos com aquisição e manutenção desses equipamentos, o legislador deixou claro que eventuais dispêndios relativos à aquisição ou manutenção de equipamentos, assim como em relação à conservação de ambiente adequado, não serão repassados ao empregado, já que exigido contrato escrito constando a exata forma de como essas despesas serão reembolsadas. Em verdade, o que se extrai do texto legal, é que o contrato de trabalho deverá disciplinar, de forma obrigatória, a responsabilidade pela aquisição, manutenção ou fornecimento dos equipamentos, se do empregado ou do empregador, o prazo e as condições para o reembolso e documentos necessários concernentes a tanto. Portanto, uma vez inexistindo prejuízos, não há que se cogitar de indenização, tampouco, por outro lado, em transferência dos riscos do negócio ao empregado. Importante dizer, ainda, que o legislador deu plena faculdade às partes para ajustar a alteração do regime de teletrabalho para o presencial, a qualquer tempo, desde que empregado e empregador estejam de comum acordo. Ademais, poderá o empregador, unilateralmente, fazer essa alteração, contanto que observe um prazo de transição mínimo de 15 dias, com imprescindível aditivo contratual. Denota-se, portanto, que há uma disposição natural de que o regime de teletrabalho se torne cada vez mais comum, porque possui como características a economia de tempo despendida pelo empregado e a facilidade no exercício das atividades, o que gera, via de consequência, difícil aferição do que é ou não tempo de trabalho, sobrelevando cada vez mais a importância de discussão sobre o tema. Advogada integrante da equipe de profissionais do escritório Garcez Advogados Associados – Assessoria Jurídica do SINDIMETAL, nas áreas Trabalhista, Ambiental e de Representação Comercial. Franciele Ledur OAB/RS 97.959 jurídico trabalhista
  13. 13. s i n d i m e t a l @ s i n d i m e t a l r s . o r g . b r 13 DECISÃO DEFINITIVA – COM TRÂNSITO EM JULGADO – FAVORÁVEL AO SINDIMETAL – NÃO INCIDÊNCIA DE IRPJ E CSLL SOBRE JUROS DA TAXA SELIC NA RESTITUIÇÃO DE TRIBUTOS – COMPENSAÇÃO SEMINÁRIO DE NEGOCIAÇÕES COLETIVAS 2019 RODADA METALMECÂNICA E m face do reduzido número de adesões ao processo movido pelo sindicato, no qual se discutia, em nome de todos os filiados, o direito de não recolher Imposto de Renda Pessoa Jurídica – IRPJ e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido – CSLL, incidentes sobre os valores correspondentes aos juros calculados com base na Taxa SELIC, relativamente à restituição de tributos – em espécie ou mediante compensação, com trânsito em julgado em outubro de 2018, estamos comentando novamente os efeitos dessa decisão, conforme segue. A decisão permite ao Sindicato e seus filiados que definitivamente deixem de recolher e façam a imediata compensação, com tributos federais As projeções econômicas, retrospectivas das negociações coletivas na indústria, orientações gerais para as negociações e a contribuição negocial foram abordadas por especialistas no Seminário de Negociações Coletivas 2019. Realizado no dia 25 de março, na Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS), o evento reuniu representantes de sindicados industriais. O SINDIMETAL RS, em parceria com o SINDIVEST, No dia 19 de março, o presidente do SINDIMETAL RS, empresário Sergio Galera; o diretor Executivo da entidade, Valmir Pizzutti; bem como os advogados Edson Morais Garcez e Cláudio Garcez vincendos, dos valores pagos sobre tais rubricas, nos últimos cinco anos que antecederam o ajuizamento da ação, acrescidos da taxa SELIC. A decisão abrange empresas tributadas com base no Lucro Real ou Presumido, que incluíram, na base de cálculo do IRPJ e CSLL, os valores concernentes aos juros da TAXA SELIC, na restituição de tributos.   Vale referir que, todas as empresas que usufruíram das decisões transitadas em julgado, relativamente à compensação do INSS sobre as Cooperativas (UNIMED), bem como sobre 1/13 de férias serão automaticamente beneficiadas com essa ação, uma vez que, entre os valores compensados, uma parte significativa trata-se justamente de juros da Taxa SELIC. • Advogado da equipe Buffon & Furlan Advogados Associados - AssessoriaJurídica do SINDIMETAL RS, na área Tributária. Marciano Buffon OAB/RS 34.668 Foto: Dudu Leal   Para viabilizar esta compensação, será necessário adotar alguns procedimentos legais, sendo que as empresas que ainda não aproveitaram da decisão, devem entrar em contato, através do e-mail marina@ buffonefurlan.com.br, quando serão repassados os documentos necessários para aproveitamento de eventuais créditos. esteve representado pelo presidente da entidade, empresário Sergio Galera; diretor Executivo, Valmir Pizzutti; gestores de RH e advogados do Escritório Garcez Advogados Associados, “Somente o emprego e a produção provêm overdadeiro bem-estar social. Neste contexto a negociação coletiva é a única maneira de promover o entendimento entre empregados e empregadores da forma que o Brasil necessita”, destacou o coordenador do Contrab, Thômaz Nunnenkamp, na abertura do evento. Os advogados Edson Morais Garcez e Patrícia Manica, ambos Conselheiros do CONTRAB/FIERGS, foram palestrantes no painel de Retrospectivas das Negociações Coletivas na Indústria em 2018 e perspectivas para 2019. Se antes os principais pontos de impasse eram o reajuste, as cláusulas econômicas (reajustes e benefícios), em 2018, foram as contribuições e a aplicação de alguns pontos da Lei da Modernização Trabalhista, como, por exemplo, a manutenção da obrigatoriedade da assistência sindical nas rescisões. Naocasião,tambémocorreuopainel“AtuaçãodoTribunalRegional do Trabalho da 4ª Região na Mediação e nos Julgamentos de Dissídios Coletivos após a vigência da Modernização Trabalhista”. A realização do seminário foi da FIERGS, por meio dos Conselhos de Relações do Trabalho (CONTRAB) e de Articulação Sindical e Empresarial (CONASE). jurídico tributário / institucional prestigiaram, na FIERGS, a Rodada de Negociações Coletivas Metalmecânica. Na oportunidade estiveram reunidos os representantes dos sindicatos para análise das alterações promovidas pela Modernização Trabalhista e condução das negociações coletivas/2019, tendo por objetivo o alinhamento dos interesses setoriais. Thômaz Nunnenkamp na abertura do evento
  14. 14. w w w . s i n d i m e t a l r s . o r g . b r 14 A Fimec, que acontece em Novo Hamburgo, é a única feira do mundo, que reúne toda a operaçãodosetorcoureiro-calçadistaemum mesmo local. “Na edição de 2019, realizamos uma proposta de trabalho diferente, apresentando conceitos de processos, que deverão ser o futuro da indústria calçadista”, relata o empresário Marlos Schmidt, sócio e diretor Industrial da Erps. Segundo Marlos, a ideia parte do princípio de utilizar o robô colaborativo no processo de montagem do calçado, integrando a operação com a máquina e o operador. “O ganho para operação é de 1/3 da movimentação do operador, sendo o robô responsável por auxiliar o processo”, afirma. “Para o desenvolvimento do processo propomosparaalgunsparceirosespecialistas, em suas atividades, que realizassem etapas do projeto”. Para concretizar esta ação participaramdomesmoestandeasseguintes empresas, além das instituições Feevale e SENAI: MECSUL – Parceiro com o processo de aquecimento do calçado, etapa utilizada antes do abastecimento da máquina. MASTER – Atuou com o trilho de abastecimento pós montagem do calçado. SPHERIC – Participou com os sensores utilizados para definição da descarga da forma pelo robô. A CCV Industrial EIRELI, indústria do ramo metalmecânico, fornece soluções em serviços de usinagem de precisão, “com qualidade assegurada, entregas garantidas, transparência e confiabilidade em suas relações”, afirma a diretora Caroline Capelão Vargas. Atuante no mercado e sempre buscando novos desafios, “participamos da Fimec, em Novo Hamburgo, onde tivemos ótimos momentosdecooperação,relacionamentos comerciais e troca de informações”, assegura a empresária. “Registramos um agradecimento a todos os parceiros e, em especial a Simone Sperb da Silva, da Usitec, pelo incentivo. Tínhamos um grande receio, por ser a nossa primeira participação em feira, mas a experiência compartilhada pela AMatrizariaPolako,há31anosnomercado, iniciou seu plano de negócio voltado à produção de matrizes para o mercado interno. Em 1994, teve seu primeiro contato com o mercado internacional, iniciando uma trajetória de exportação, que já soma mais de 15 países. Produzindo diversos tipos de matrizes, inova e concretiza ideias na produção ATUAÇÃO EM REDE NA FIMEC NOVOS DESAFIOS NO MERCADO INVESTINDO SEMPRE NA MARCA METAL WORK – Foi parceiro com a garra para fixação e retirada da forma da máquina. SENAI – Esteve presente na virtualização do processo, programação do robô colaborativo e refino do processo. ERPS – Parceiro com a máquina para montagem do calçado; o software para integração do operador/máquina/robô e o refino do processo. “Oresultadoconquistadofoiademonstração das tecnologias na prática, podendo cada parceiroserprotagonistanaquiloqueatuada melhor forma”, enfatizou o empresário. “Foi um marco para a Erps fazer a coordenação mercado desse projeto, balizador para novas iniciativas. Nossa régua de apresentação de tecnologias passa a ser outra, estamos cientes de que a responsabilidade é maior a partir desse trabalho conjunto”, salienta o diretor Marlos Schmidt. INOVAÇÃO – A Atuação em Rede, que ocorreu na prática, neste projeto, realizado pela empresa Erps, é uma tendência e representa um conjunto de participantes, que unem Fonte: Erps Fonte: CCV Fonte: Polako Foto:DuduLeal Simone, pelo fato da Usitec já ter marcado presença em outros eventos semelhantes a esse, nos encorajou a encarar este novo desafio”, registrou Caroline. Segundo a diretora da CCV, “a oportunidade de ter participado da Fimec 2019 nos mostrou a importância e o reflexo positivo, queumafeirapodetrazerparaaorganização como um todo. Seja pelos relacionamentos, conhecimento adquirido, troca de experiências com outros empresários, bem como pela satisfação de receber visitas em nosso estande, trazendo ainda mais visibilidade para a marca”, assegura. “Participar da feira foi, sem dúvida, uma experiência memorável que, com certeza, iremos repetir”. de moldes, com qualidade, de forma sustentável, contribuindo para o desenvolvimento dos parceiros. Investindo na marca, a Polako esteve participando da Fimec, em Novo Hamburgo, apresentando tendências e ampliando contatos. Tecnologia integradora Caroline Vargas e Carlos Reis ideias e recursos em torno de valores e interesses compartilhados. Quanto mais harmonizados os membros de uma  rede, mais ela será beneficiada. O Fundamento de Excelência Atuação em Rede entende que as organizações, como sistemas sociais, compreendem redes formais com clientes, parceiros, fornecedores e outros entes da sociedade, além daquelas que surgem entre os colaboradores. Que novas iniciativas, semelhantes a essa, sejam vivenciadas igualmente com êxito pelas empresas.
  15. 15. s i n d i m e t a l @ s i n d i m e t a l r s . o r g . b r 15 Fonte:Grefortec Fonte:CRK mercado A convite da empresa  Beckhoff, a CRK Automação visitou a Hannover Messe e a fábrica da Beckhoff, na Alemanha. Esta visita proporcionou à CRK o contato com as  últimas inovações do mercado como inteligência artificial, robôs colaborativos, fábrica digital, inteligência industrial, tecnologias da indústria 4.0, entre outros.  A CRK voltou de Hannover mais preparada para entregar as melhores soluções industriais aos clientes. A Hannover Messe é a feira líder em tecnologia industrial do mundo e ocorreu no período de 1º e 05 de abril, na Alemanha, reunindo 6.500 expositores de 73 países. O sócio Nestor Freiberger de Medeiros e Vitor Kiszewski de Medeiros, representaram a CRK. ALÇANDO NOVOS VOOS Segundo Nestor a presença da CRK na feira representa um elo dos trabalhos executados atualmente na empresa, com a tendênciadomercadoglobaleatecnologia  de automação dos próximos anos. “A indústria 4.0 está enraizada na cultura global, assim confirmamos que a CRK e os nossos parceiros estão no caminho certo, internalizando este conceito nos processos dos clientes e fornecedores”, enfatiza. No mercado desde 1990, a CRK é especialista na fabricação de máquinas especiais para automação industrial, focados em desenvolver soluções de manufatura avançada para todos os ramos da indústria, tornando as fábricas mais inteligentes, produtivas e altamente eficientes. A Grefortec tem licença exclusiva para ser a fabricante oficial, em toda a América do Sul, de fornos industriais da Aichelin Group, líder mundial em equipamentos e serviços para tratamentos térmicos e termoquímicos para indústrias. A busca por inovação tecnológica foi o que motivou a viagem dos diretores Andrea Gremes Pereira e Rodrigo Granja, às fabricas do Grupo Aichelin. “A Grefortec vem trabalhando por licença nos produtos Aichelin há quatro anos, e se manter atualizado é fundamental para firmar essa parceria”, afirma a empresária Andrea. Neste encontro foram visitadas quatro empresas, onde houve a oportunidade de acompanhar o processo produtivo e apresentar a evolução da Grefortec neste período. O Grupo Aichelin tem 150 anos de história na fabricação de fornos Industriais, com mais de 10 fábricas espalhadas pelo mun do, sendo detentora da mais alta tecnologia neste ramo de negócio.  REFORÇANDO RELAÇÕES DE PARCERIA Nestor e Vitor de Medeiros
  16. 16. chegada até este patamar. Entre as novidades implantadas no processo está a produção semiautomática em carrocerias isotérmicas e frigoríficas, para transporte de perecíveis, alimentos resfriados e congelados. Outra conquista é o Selo da Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir), entidade que congrega associados e afiliados ativos, desde micro, pequenas, médias e grandes empresas, ligadas ao segmento de transporte de cargas. Estas companhias são as responsáveis pela fabricação de todos os implementos rodoviários utilizados no Brasil. A Rodosinos investe e valoriza o respeito e a ética junto aos clientes, colaboradores e fornecedores. Possui uma relação reconhecida no mercado, comercializando para todo Brasil, principalmente para o Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, além de exportar para o Uruguai. Para o empresário, a receita de sucesso se resume em “fazero produto sob medida para o cliente, atendendo as suas necessidades, com ótima qualidade e preço justo”. Mantendo este propósito, Gilberto deseja continuar buscando inovações, para melhor atender a clientela, produzindo sempre com base na sustentabilidade.  Sucesso e vida longa para a Rodosinos, que segue construindo a sua história com determinação e paixão pelo que faz. VITRINE Rodosinos Carrocerias e Refrigeração Ltda. atua na Indústria e Comércio de Carrocerias para Carga Geral, Isotérmica e Frigorífica, Refrigeração e Sistema Uniblok, com destaque de 80% na  produção das carrocerias frigoríficas para transporte de alimentos perecíveis.  Fundada no dia 15 de abril de 1984, no bairro Rincão do Cascalho, em Portão, onde está localizada até hoje, iniciou suas atividades a partir do empreendedorismo de Gilberto Hünning, ex-funcionário de uma empresa do mesmo ramo, em Estrela, cidade onde nasceu; e seu amigo e sócio Ernesto Ternes. Na época, aproveitando a oportunidade de expansão no segmento do transporte, perceberam a possibilidade de crescimento profissional. O sonho foi levado adiante motivado pelo desejo de que esse trabalho ficasse marcado na trajetória de vida de ambos. “Fabricar implementos rodoviários e construir uma marca forte e sólida, sempre esteve presente nos nossos objetivos e conduziu o trabalho”, justifica o empresário Gilberto. Hoje os sócios são a Família Hünning, que segue os passos de Gilberto, atuante e determinado, além de apaixonado pela empresa e pelo trabalho que realiza nas diferentes frentes. “Está no sangue e no coração”, afirma. Tanta dedicação, somada ao trabalho da  equipe, que acreditou no seu potencial, resultou numa empresa que é destaque no Brasil e no Mercosul. A Rodosinos, presente desde a sua fundação na área de implementos para o transporte,  expandiu, surgindo a  necessidade de ampliação, logo nos primeiros anos. No início, a área era de 20.000 m², sendo 1.000 m² de área construída. “Atualmente temos 48.000 m2, sendo 10.000 m2 de área construída, onde contamos com uma estrutura elaborada para melhor atender o desenvolvimento de produtos e o atendimento ao cliente”, registra Gilberto. O crescimento do setor, como fornecedor para o deslocamento de cargas, possibilitou,  em 1996, expandir a atuação. Dentro deste contexto, foi adquirida a tecnologia italiana Uniblok, para a fabricação de câmaras frigoríficas, câmaras estilo europeu do tipo monobloco, somente com longarinas no chassi e sem esqueleto, elevando assim a produção a outro patamar nesse setor. “Nestes anos de muito trabalho, dedicação e busca de tecnologia avançada, a INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE CARROCERIAS COMEMORA 35 ANOS INOVANDO SEMPRE Rod RS 240, 6500 - Rincão do Cascalho, Portão Fone: (51) 3562.1166 nossa empresa destaca-se na produção de Câmaras Frigoríficas Uniblok, com know-how italiano, a linha mais moderna para o transporte de cargas paletizadas frigorificadas já feita no Brasil”, explica.     EXPANDINDO COM QUALIDADE Com uma equipe composta por 100 funcionários, a Rodosinos atende todo o território brasileiro e países do Mercosul. “Produzimos,atualmente,umalinhavariada de produtos como: Carrocerias Furgão para Carga Geral, Carrocerias Lonadas tipo Sider, Câmaras Frigoríficas modelo Uniblok, Câmaras Frigoríficas Sorveteiras modelo Uniblok e equipamentos para Refrigeração Veicular”, informa Gilberto. A missão da empresa  é “atender as necessidades específicas de cada cliente, desenvolvendo produtos de inquestionável qualidade,mantendoumaculturaderespeito e dignidade de nossos colaboradores e sociedade”. Para cumprir com este compromisso alguns valores norteiam o trabalho, como planejamento, organização e desenvolvimento, com foco no cliente, garantindo assim segurança, conforto e um ótimo custo-benefício, assegurando excelência nos produtos, fidelizando a marca Rodosinos.  Nestes35anosdeexistência,muitosdesafios foram vencidos, mas certamente momentos especiais marcaram decisivamente a 75 - Março / Abril 2019 A

Implantação do Projeto de Marketing Digital marca um novo tempo na entidade

Views

Total views

140

On Slideshare

0

From embeds

0

Number of embeds

0

Actions

Downloads

0

Shares

0

Comments

0

Likes

0

×